quarta-feira, 10 de junho de 2015

Vem namorar comigo...


Vem namorar comigo, mas aquele namoro verdadeiro sem precisar esconder das pessoas ou de ter que se conter quando sentir a necessidade de dizer algo brega, como "tava aqui pensando em você com saudade do seu olhar e do seu beijo bom". Desses namoros que a gente ri sozinho do nada só de lembrar de um momento bom que não acontecia na nossa vida já tinha tempo.

Vem namorar comigo, mas daquele jeito sincero de se entregar, de não ter medo de pagar mico, de poder ligar de madrugada para falar de um sonho ruim ou para inventar alguma história como desculpa só para ouvir sua voz carregada de sono mas que mesmo assim me atendeu. 

Vem namorar comigo e me dá aquele abraço gostoso, aquele bem apertado que faz a gente perder um pouquinho do ar, um pouquinho do medo, um pouquinho da dor. Me dá aquele beijo, aquele beijo bem gostoso que me faz esquecer de tudo, que me faz tirar os pés do chão e não ter medo de me machucar caso você resolva me soltar, aquele beijo quente que esvazia a mente fazendo eu me esquecer de tudo ao meu redor. Me beija, sempre, em todo lugar, sem eu esperar ou mesmo esperando.

Vem namorar comigo de um jeito clichê, com direito a "Eu te amo", de receber flores em um dia comum, de fingir ser o Jack e a Rose abrindo os braços naquele navio na esperança de voar para bem longe. Clichê ao ponto de sentir vergonha mas não deixar que isso impeça de fazer declarações bobas ou de cantar uma canção feita de improviso embaixo da minha janela e matar de inveja todos os meus vizinhos.

Vem namorar comigo, seja corajoso, grite para o mundo inteiro que é o que você quer ou apenas sussurre ao pé do meu ouvido, não importa. Me peça para ser seu amor, você precisa pedir para que eu possa aceitar ser sua. Seja romântico ou tente ser, faça uma surpresa ou tente uma surpresa, vai arrancar um sorriso dos meus lábios por apenas tentar.

Vem namorar comigo, não deixa que eu fuja, não me deixe ter medo, seja aquele em quem eu posso confiar, aquele por quem eu não tenha que pensar duas, três, quatro vezes antes de me decidir, que eu tenha certeza logo de cara. Esteja presente mesmo não estando ali ao meu lado, me mande mensagens ou recadinhos ou apenas ligue para saber como eu estou. 

Vem namorar comigo, sem medo, sem receio. Se entregar por inteiro como eu quero me entregar para você também. Não sabemos do futuro, mas podemos viver intensamente todo o presente. E que seja eterno enquanto dure, que seja eterno por um segundo, por alguns anos, pela vida inteira. Que seja de verdade do começo ao fim.

Abre os braços, vem e me Namora!