domingo, 30 de novembro de 2014

Elas nunca gostam de mim á primeira vista...

Não é chocante saber que nenhuma das suas amigas gostava de você quando te conheceram?? Foi algo que me pegou de surpresa. Mulheres não gostam de mim gente como assim eu sou a simpatia em pessoa quando me veem pela primeira vez.

Uma amiga na escola a Morgana uma vez me confessou que não gostou de mim quando fomos apresentadas. Ela me disse: "Ju sabia que não gostei de você a primeira vez que te vi?" e eu perguntei o porque e ela disse "não sei, é que você tem um olhar intimidador, parece que você inspeciona olha cada centímetro da gente" eu com um olhar intimidador? Para né.



O tempo foi passando e acredite se puder sempre que eu fazia uma amizade com alguém a pessoa depois de um tempo abria o jogo confessava que não tinha ido com a minha cara não gostou de mim no primeiro momento COMO ASSIM?

Cara de * Cara de bunda foi a explicação da Eudinha sobre não gostar de mim quando me conheceu. "Cara você olha para gente com cara de bunda cara de *, aquele olhar de gente metida. Não gostei de você mesmo, Pronto Falei. E depois naquela peça em que eu tentava te jogar de joelhos no chão e fazer você rezar, eu falei ajoelha bora e você olhou para a minha cara e disse um "Não" daqueles bem redondos, então já imaginei, que guria irritante e chata" E foi assim que a Eudinha descreveu o seu primeiro encontro comigo. Nós nos conhecemos num encontro da Igreja eu sou Católica onde trabalhávamos numa equipe de teatro e numa das peças ela tinha que pegar uma pessoa e fazer ajoelhar no chão para a encenação dela, mas gente eu tinha acabado de chegar na equipe em minha defesa, tava quietinha no meu canto e uma doida, baixinha, que corria de um lado para o outro num salto enorme provavelmente maior que ela e que tinha acabado de fazer isso com um rapaz que estava sentado a minha frente e detalhe tinha quase quebrado o joelho do cara para, olha para mim e fala "ajoelha", Oi?!. Claro que não, eu tenho amor pelos meus joelhos ela que pegasse outra pessoa. Uma semana depois eu e ela eramos melhores amigas ela me chama de Mamita, que coisa não?.

Dois anos depois de ter conhecido a Raquel e a Babi, elas foram dormir lá em casa noite das luluzinhas e tava falando exatamente sobre esse assunto quando a Babi começa a rir e falar "desculpa mas eu também não gostei de você, te conheci numa festa onde me apresentaram para você e eu fui toda simpática falar com você e você nem me deu bola" e sabe o que é o pior? eu nem me lembro dessa história, para mim a gente tinha se conhecido um ano depois numa gincana que participamos juntas e ela ofereceu um protetor solar para as meninas que se dispuseram a pagar um baita mico a fazer um timinho de futsal e jogar e dar chutes nas canelas umas das outras. Me lembrei da tal festa mas foi na época em que estava fazendo minha Pós em Curitiba e tinha vindo passar o FDS em Brasília com a família e os amigos então provavelmente tava tentando aproveitar os meus amigos ao máximo, só. E por não ter dado a devida atenção me ferrei ela não gostou de mim, mas foi tudo resolvido no tal jogo de futebol aonde viramos amigas.

E como se não bastasse a Raquel veio com um "Eu te odiava" a coisa ficou séria, agora já veio até a palavra ODIAVA, eu olhei com cara de espanto meu Deus como assim? e ela continuou rindo e falando "Você ficou com o cara que tava ficando com a minha melhor amiga e ele terminou com ela e foi ficar com você. A gente te odiava porque você tinha separado nosso grupo Detalhe que eu só fiquei sabendo ali que o cara tava ficando com outra pessoa além de mim. Aí o Alvaro te convidou para o aniversário dele uns 2 anos depois disso e te conheci pessoalmente e eu já não gostava nem um pouco de você. A Babi depois te chamou para sair com a gente e tentou me convencer de que você era legal e que eu ia gostar de você mas não gostei, só depois de um tempo que consegui ver que você era uma pessoa bacana". E EU ESTAVA TOTALMENTE CHOCADA Eu gostei da Raquel desde a primeira vez que nos conhecemos no aniversário do Alvaro, quando a Babi me chamou para sair com elas para dançar eu empenquei fiquei o tempo todo com ela coitada teve que me aturar com sorriso no rosto e depois disso sempre saímos juntas deve ter sido uma sofrência só para ela.

Esses são só alguns exemplos, eu poderia fazer uma lista enorme de pessoas que me falaram a mesma coisa "Não gostei de você a primeira vez que te vi". Não é triste isso? O que vou fazer? Arrancar meus olhos? Porque imagina só quantas pessoas que entraram em contato comigo, não puderem ter o prazer de me conhecer um tempinho para me conhecer e ver como eu sou gente boa e não gostam de mim simplesmente por causa de um "tal olhar". Um olhar que por sinal se eu faço mesmo nunca percebi, sempre que conheço alguém fico me policiando, tentando saber qual hora faço isso e se faço mesmo, mas nada.

Se eu fiz isso com você ééééé você mesmo que está lendo o Blog com certeza não foi por mal, mil desculpas, pode me convidar para tomar um chocolate quente e bater um bom papo para tirar essa impressão péssima ruim que foi passada e se você não me conhece e um dia for apresentado(a) a mim ou me ver na rua já sabe, pula o olhar.

Ás vezes, podemos não ter uma boa impressão de alguém assim á primeira vista, mas que ao conhecer, ela pode ser uma ótima pessoa tipo assim como Eu sabe e que ás vezes por julgarmos ou implicarmos antes mesmo de conhecermos podemos estar perdendo uma grande pessoa em nossas vidas. E nós não queremos isso não é? imagina você aí perdendo a chance de me conhecer, que triste. E olha bem, todas elas viraram minhas amigas.

Sabe aquela história de não julgar o livro pela capa ou pelo olhar? Então... Dá uma chance, dá? Deixa o meu sorriso dizem que eu faço muito isso, Sorrir ofuscar esse "tal olhar".